AJUDE O INSTITUTO GEM A EDUCAR AS CRIANÇAS NA PRESEVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE, P/ AJUDAR (93)8122-0233

AJUDE O INSTITUTO GEM A EDUCAR AS CRIANÇAS NA PRESEVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE, P/ AJUDAR (93)8122-0233

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Vereadores pedem abertura de CPI para investigar prefeitura

Relação de pessoas que formaram contratos de aluguéis de veículos e imóveis, sem licitação, à prefeitura de Óbidos inShare Relação de pessoas que formaram contratos de aluguéis de veículos e imóveis, sem licitação, à prefeitura de Óbidos Relação de pessoas que formaram contratos de aluguéis de veículos e imóveis, sem licitação, à prefeitura de Óbidos Uma reportagem publicada na edição da semana passada do Jornal “O Impacto” sobre fraudes ocorridas na atual gestão do prefeito Mário Henrique, no município de Óbidos, Oeste do Pará, motivou os vereadores da base de oposição ao Prefeito a pedir abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), durante a sessão de segunda-feira, 21. O caso dos carros alugados pela prefeitura de Óbidos no período de janeiro a julho deste ano sem licitação foi parar na Câmara dos Vereadores. A CPI tem como objetivo analisar os contratos que custaram aos cofres públicos, mais de R$ 300 mil, por mês, durante seis meses, segundo os vereadores. Vereadores querem investigar contratos feitos sem licitação Vereadores querem investigar contratos feitos sem licitação Há cerca de duas semanas, o vereador José Barbosa da Silva (PSD) trouxe à tona o caso da prática de contratações sem licitação. O Parlamentar pediu apoio de seus pares para que a CPI fosse instaurada. Para ele, os excessos de gastos com carros alugados podem ter interferido no atraso dos pagamentos dos servidores municipais. Em algumas áreas da administração pública, alguns funcionários estão há vários meses sem receber. Já na sessão de terça-feira, 21, quatro vereadores da base aliada do Governo Municipal não compareceram à Câmara Municipal de Óbidos. Diante da situação, a decisão sobre a instalação da CPI ficou confirmada para a próxima semana. Preocupada com o problema, a base oposicionista apoiou o pedido de José Barbosa. Por outro lado, o líder do governo na Câmara, vereador Emanuel Kelly, o “Paúca”, disse que é preciso que se investiguem a fundo as denúncias e, que caso as irregularidades sejam comprovadas, as medidas cabíveis devem ser tomadas. A sessão de segunda-feira foi marcada pela discussão dos vereadores Bico de Pato e José Barbosa, os quais trocaram acusações em plenário. José Barbosa acusou Bico de Pato de ter parentes com carros alugados para a Prefeitura sem licitação, e tachou de vergonhosa a situação. Na sessão ordinária de terça-feira, 22, o assunto voltou à tona, e os requerimentos que pedem mais informações sobre os aluguéis dos carros foram votados. ENTENDA O CASO: Na semana passada uma lista de carros alugados de janeiro a julho de 2013 pela Prefeitura Municipal de Óbidos virou motivo de denúncia de vereadores da base de oposição de Mário Henrique. O valor mensal dos contratos, segundo os vereadores, ultrapassou o valor R$ 300 mil, os quais teriam sido feitos sem que o processo licitatório tenha sido realizado. ALUGUÉIS DA PREFEITURA ULTRAPASSA R$ 300 MIL: A população obidense foi surpreendida com uma relação distribuída por alguns vereadores com os nomes das pessoas que alugam carros, barcos, imóveis e outros bens para a Prefeitura. A extensa lista soma mais de R$ 300 mil em aluguéis. Confira uma das cópias da relação: Com informações e fotos de Folha de Óbidos. Fonte: RG 15/O Impacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário