AJUDE O INSTITUTO GEM A EDUCAR AS CRIANÇAS NA PRESEVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE, P/ AJUDAR (93)8122-0233

AJUDE O INSTITUTO GEM A EDUCAR AS CRIANÇAS NA PRESEVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE, P/ AJUDAR (93)8122-0233

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Juízes de Santarém reúnem com delegados e peritos criminais no Fórum


Encontro é organizado pelo diretor do Fórum, juiz Cosme Ferreira Neto
 
Juiz Cosme Ferreira Neto

Nesta quarta-feira, 12/02, às 13h00, será realizada no miniauditório do Fórum de Santarém, uma reunião com delegados das polícias civil e federal, comandante da PM e peritos do IML.

O encontro é organizado pelo diretor do Fórum de Santarém, juiz Cosme Ferreira Neto e servirá para tratar de assuntos referentes a apreensão, depósito, arrecadação e destinação de bens apreendidos em operações policiais, bem como o cumprimento de Alvarás e outros assuntos de interesse das instituições.

Magistrados da área penal também participarão do evento.

RÉUS CONDENADOS A MAIS DE 50 ANOS PELA CHACINA DA ESTRELA DA BICA


Sebastião Pereira responde pela morte de três pessoas da mesma família

Os réus Sebastião Pereira Alves e Antonio Costa Santos foram julgados e condenado na noite de terça-feira, 11/02, pela maioria dos votos dos jurados da 10ª Vara Penal. O Conselho de Sentença formado por 7 jurados acatou a tese do promotor público Danyllo Colares e condenou os réus pela morte de três pessoas na comunidade de Estrela da Bica, próximo a Mojuí dos Campos, há 5 anos.

O defensor público Daniel Archer apresentou entre suas teses a de que pelo menos um dos réus teria problemas mentais, quando participou da chacina, mas não convenceu os jurados. O juiz Gerson Marra Gomes aplicou a pena de 56 anos de reclusão em regime fechado pelo Triplo Homicídio Duplamente Qualificado. Sebastião, que já está preso, vai continuar na cadeia, mas seu defensor recorreu da sentença. O outro réu é foragido e foi julgado à revelia.

João de Paula Santos, Maria Aparecida Alonso Santos e Claudemir de Paula Santos, membros de uma mesma família foram assassinados pelos dois réus em 20/02/2009, após uma discussão na localidade, entre os dois homens e o Sr. João de Paula, que era sogro de Sebastião. O lavrador foi morto a pauladas e facadas, e em seguida os dois mataram a mulher com uma terçadada no pescoço que quase a decapitou e seu filho Claudemir, de 12 anos, que tentava socorrer a mãe, e que também foi atingido com terçado na cabeça.

O próximo júri acontecerá na quinta-feira, 13/02, quando sentará no banco dos réus Arenildo Duarte de Sousa, acusado de matar Jelielson do Carmo Fonseca em na virada do ano de 2012 para 2013.

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom/TJPA

Nenhum comentário:

Postar um comentário