AJUDE O INSTITUTO GEM A EDUCAR AS CRIANÇAS NA PRESEVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE, P/ AJUDAR (93)8122-0233

AJUDE O INSTITUTO GEM A EDUCAR AS CRIANÇAS NA PRESEVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE, P/ AJUDAR (93)8122-0233

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Dr. José Admilson Gomes Pereira (foto), juiz titular da comarca de Novo Progresso, vem trabalhando para se tornar realidade no município, ainda neste ano de 2013.


Subseção Judiciária de Novo Progresso  tem uma demanda processual maior que muitas varas do Pará.

Uma vara a mais, redistribuição de processos e maior celeridade nos serviços jurisdicionais. Essas são as assertivas que balizam a necessidade urgente de uma segunda vara Judiciária em Novo Progresso.

Para isto Dr. José Admilson Gomes Pereira (foto), juiz titular da comarca de Novo Progresso, vem trabalhando para se tornar realidade no município,  ainda neste ano de 2013.

O meritíssimo solicitou do executivo e já foi aprovado pelo legislativo na última sessão ordinária desta ultima terça-feira (07/05) uma área de 7.623m² (Sete mil, seiscentos e vinte e três metros quadrados), para futura instalação da segunda vara judiciaria de Novo Progresso.

Novo Progresso tem hoje mais de 8 mil processo que tramitam na Comarca.  Com há jurisdição, sobre vários municípios que tem os distritos na região, Castelo de Sonhos que pertence Altamira, Moraes de Almeida que pertence ao município de Itaituba,  são atendidos por Novo Progresso.

De acordo com o Juiz titular  Dr. José Admilson,  a segunda vara é hoje uma das necessidades do judiciário onde tramitam milhares de processos que se acumulam no judiciário progressense, esta é uma luta incansável  da minha parte em "Implantar a segunda vara Judiciaria” em Novo Progreso, é  uma decisão tão acertada que já se mostra insuficiente.

Desde minha vinda a Novo Progresso  já me deparei com esta necessidade agora , em 2013 lutarei para instalar mais uma vara judiciaria"  e o ponta pé inicial já foi dad agora vamos resolver junto ao TJ do Pará para em curto espaço de tempo inaugurarmos esta conquista, disse.

Fonte: Jornal Folha do Progresso

Nenhum comentário:

Postar um comentário