AJUDE O INSTITUTO GEM A EDUCAR AS CRIANÇAS NA PRESEVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE, P/ AJUDAR (93)8122-0233

AJUDE O INSTITUTO GEM A EDUCAR AS CRIANÇAS NA PRESEVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE, P/ AJUDAR (93)8122-0233

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Prefeita de Belterra será julgada pela Justiça Eleitoral Dilma Serrão pode perder Mandato


Dilma Serrão pode perder Mandato

O Município de Belterra, Oeste do Pará, distante 45 quilômetros de Santarém, vive a expectativa do início do julgamento da atual prefeita Dilma Serrão (PT), marcado para 07 de maio próximo (terça-feira). Após perder a eleição majoritária do Município em outubro do ano passado com uma diferença de 25 votos, o Partido Democratas (DEM) impetrou quatro ações contra a coligação encabeçada por Dilma, na Justiça Eleitoral.

Nas últimas semanas, as atenções políticas em Belterra estão voltadas para o julgamento dos recursos que foram levados à Justiça Eleitoral contra o registro da candidatura de Dilma Serrão.

Inconformado com a derrota nas urnas, o DEM entrou com as ações contra Dilma Serrão relacionadas a um suposto esquema de corrupção cometido pela candidata durante a campanha eleitoral de 2012.

O médico e candidato à prefeitura de Belterra no ano passado, Dr. Jociclelio Macêdo (DEM), garante que testemunhas devem relatar nas audiências as irregularidades cometidas durante a campanha de Dilma.

“No mês de maio começam as audiências. Temos várias testemunhas que delatam como foi o esquema de corrupção, de compras de voto, através de distribuição de combustível, cesta básica, contratação de funcionários dentro da época vetada pela Lei Eleitoral com a intenção de ganhar apoio político. Nós temos várias testemunhas que estão dispostas a delatar todas essas informações à Juíza”, afirma Dr. Macêdo.

Ele perdeu a eleição de 2012 com 3.821 votos contra 3.846 de Dilma Serrão, portanto, 25 votos de diferença.

JULGAMENTO: A Justiça Eleitoral havia marcado para o dia 08 deste mês, a primeira audiência, de um total de 04 ações de investigação judicial eleitoral, movida pela coligação “Unidos Por Belterra”, encabeçada pelo médico Dr. Macêdo (DEM), juntamente com representantes dos partidos PRB e PPS, contra a atual prefeita de Belterra, Dilma Serrão Ferreira da Silva (PT) e seu vice José Flávio de Oliveira Germani (PSC), ambos componentes da coligação “Quero Mais Para Belterra”.

Dilma é acusada de cometer diversos crimes eleitorais, na eleição de outubro do ano passado, como compra de votos, aquisição de combustível, entre outros. A primeira etapa do julgamento da prefeita Dilma Serrão foi anulada por conta da ausência do membro do Ministério Público que não compareceu ao ato. Representantes da coligação encabeçada por Dilma negam as irregularidades e acreditam que Dilma Serrão será inocentada durante o julgamento.


Fonte: oimpacto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário